JUNTA VIRA A PÁGINA

O Executivo da Junta de Freguesia apresentou na Assembleia de Freguesia as contas do exercício de 2016.

Conforme foi sublinhado pelo Presidente Nuno Gaudêncio na apresentação do relatório de prestação de contas de 2016 (o melhor de sempre), a Junta de Freguesia consolidou o processo de recuperação financeira iniciado aquando da tomada de posse e neste momento respira uma boa saúde financeira.

Com uma execução orçamental de 97,3%, o ano fechou sem dívidas a fornecedores com uma de redução de 187 mil euros (à exceção de dívidas de grande volume financeiro, com planos de pagamentos) e um saldo de gerência de mais de 143 mil euros. Uma nota importante para a existência de vários processos jurídicos herdados e que ainda podem onerar a Junta em pagamentos, deixando algum desconforto na situação financeira que agora é bastante estável.

Com o trabalho e o empenho de todos – Executivo e colaboradores – foi possível equilibrar as contas da Junta, sem deixar de fazer o investimento necessário nos Setores Operacionais tendo em vista o objetivo de melhoria do espaço público.

Apesar da escassez de recursos, a Junta não deixou de apoiar famílias, em particular as mais desfavorecidas, de apoiar a Cultura e de dinamizar o tecido empresarial. Também a revitalização do centro histórico de Odivelas foi uma realidade com a realização de vários eventos que trouxeram milhares de pessoas ao Largo D. Dinis e contribuíram para devolver aos odivelenses este espaço emblemático da nossa cidade.

Pese embora o muito que ainda queremos fazer, não podemos deixar de sublinhar, mais uma vez, a entrega e o desempenho de todos os trabalhadores da Junta de Freguesia que, direta ou indiretamente, contribuíram para os bons resultados.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *